Polícia monta megaoperação para capturar menores que roubaram carro de vereador no feriado

Uma megaoperação envolvendo viaturas e motos de Bebedouro, Barretos, Colina e Monte Azul, Força Tática, Canil e até o helicóptero “Águia”, de Ribeirão Preto, mobilizou a Polícia Militar que montou um cerco, semelhante às cenas de cinema, para capturar dois adolescentes, de 16 e 17 anos, que roubaram um carro no feriado de quarta-feira, dia 19, em um posto de combustíveis da Av. Luiz Lemos de Toledo.

O proprietário, de 34 anos, que é vereador, contou à reportagem que por volta das 9h30 chegou ao posto para abastecer o Astra preto, ano 2011 e deixou a chave no contato. Ele estava do lado de fora do veículo conversando com o tio, que trabalha no local e outro amigo quando o grupo foi abordado pelos jovens, que estavam de cara limpa. Eles usavam bermudas, camisetas, chinelos e um deles tinha boné.  

“O mais novo ficou encostado no Astra, com as mãos para trás e o outro se aproximou segurando algo embaixo da camisa, parecendo estar armado. Ele disse que iria roubar o carro e que não era para ninguém se mexer senão sobraria bala para todo mundo”, contou a vítima. Os ladrões fugiram cantando pneu, atravessaram a linha férrea que fica próxima ao posto e pegaram a direção do hospital.

Imediatamente a vítima ligou para o 190 comunicando o roubo. Do outro lado da linha o atendente pediu para o vereador aguardar até repassar as informações, o mais rápido possível às viaturas da região, para a localização do veículo, inclusive com a vinda do “Águia” para sobrevoar a área.

A PM de Monte Azul foi acionada e se dirigiu em direção a Colina. Depois de percorrer a estrada vicinal Renê Vaz de Almeida por alguns quilômetros os PMs deram de cara com o Astra, com os dois ocupantes, no sentido contrário. A perseguição teve início e para tentar fugir da viatura, os bandidos entraram em alta velocidade numa estrada de terra que margeia a rodovia e poucos quilômetros à frente perderam o controle da direção e capotaram o veículo, que teve danos de grande monta. Os adolescentes conseguiram fugir entrando no canavial e, em seguida, numa mata fechada que fica nas redondezas.

Dentro do Astra havia um celular que recebeu a ligação de um homem que é cunhado de um dos menores envolvidos no roubo. Se passando por uma pessoa comum, que tinha encontrado o celular, os policiais marcaram encontro com o indivíduo na entrada no bairro Nosso Teto. Ele foi abordado e acabou confessando que iria buscar os adolescentes. Orientado pelos PMs, o indivíduo ligou novamente para um dos menores, combinando de pegá-los em frente a uma fazenda, mas os mesmos não foram encontrados. A operação contou com o apoio do Sargento Eder e dos PMs Felici e Evangelista

As buscas aos menores infratores, usando todo o aparato policial, prosseguiram, mas como a mata existente no local é muito fechada os policiais que estavam no helicóptero não conseguiram visualizar os menores, que ficaram escondidos. Horas depois eles foram vistos num canavial, próximo a uma plantação de seringueira no Nosso Teto, mas conseguiram fugir no meio da cana. Durante as buscas, os adolescentes até chegaram a atear fogo, por duas vezes, no canavial para impedir a aproximação dos policiais.

Por volta das 15h20 o mais novo dos dois foi capturado e levado à delegacia, onde acabou confessando a participação em vários furtos, roubo de veículos e até a estabelecimentos comerciais da cidade. No interrogatório também disse que ele e o comparsa tinham roubado o carro para dar voltas antes de serem pegos pela polícia. Apesar da pouca idade, existiam dois mandatos de apreensão expedidos para cada um dos adolescentes. O menor de 17 anos, que estava foragido, foi capturado na manhã de sexta-feira, dia 21, por volta das 7h15 no conjunto habitacional da CDHU, que fica ao lado do Nosso Teto. Os dois estão na Seccional de Barretos onde, provavelmente, ficaram detidos até a transferência para uma das unidades da Fundação Casa, de quem são velhos conhecidos.

“O que sobrou do meu carro foi localizado pelos policiais meia hora depois do roubo. A ação da PM foi muito rápida e digna de elogios”, declarou a vítima que pela primeira vez passa por uma situação traumática como esta. “Você fica meio fora do ar e parece que, conforme o tempo passa, a sensação vai ficando pior. Espero nunca mais passar por isso”. O Astra possui seguro.

O Astra ficou parcialmente destruído na perseguição aos menores que roubaram o carro.

O cerco policial teve a participação da PM de Colina, várias cidades da região e o helicóptero Águia.        

Fotos: Ronaldo Moura

 


Postado em 22/03/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:21.416
Ontem:16.825
Total:38.241
Recorde:21.416
Em - 21/04/19