IPTU gera reclamação e fila na prefeitura 
 
Contribuintes aproveitam o desconto à vista de 15% e fizeram fila na Tesouraria da Prefeituera para pagar o imposto no dia 17. 
 
Os contribuintes levaram um susto quando receberam o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em suas casas. O aumento do valor e a taxa de coleta de lixo são os campeões das reclamações no Departamento da Receita, que nos últimos dias tem atendido um grande público
A grande maioria das reclamações são por conta do aumento dos valores que difere bastante com o do ano passado. O chefe do Departamento da Receita, Luiz Fernando Pereira, explicou que isso está ocorrendo somente nos imóveis que foram ampliados. “Desde 1992 a prefeitura não realizava medições nos imóveis, o que ocorreu em 2013. Neste período, de mais de 21 anos, as ampliações foram feitas sem o projeto aprovado na prefeitura e por isso o aumento nunca foi feito”, esclareceu Pereira. 
A cobrança da taxa de coleta de lixo também é um dos motivos do aumento do valor. Com a atualização do Código Tributário o serviço passou a ser cobrado desde o ano passado. “O valor da taxa não é fixo e varia porque é usada na base de cálculo o total da área construída do imóvel, ou seja, é levada em conta a construção e não a localização”, ressaltou o servidor
O pagamento da cota única, com desconto de 15%, venceu na última segunda-feira e o prazo não foi prorrogado porque a agência local dos Correios concluiu a entrega antes do vencimento, na sexta-feira, 14. “O desconto de 15% atraiu muitos contribuintes que preferiram pagar o imposto à vista, mas quem preferir também pode quitar o importo até no dia 15 de abril, com desconto de 10%”, lembrou Luiz Fernando, que colocou o departamento à disposição da população. “Caso haja dúvida estamos prontos a esclarecê-las e se houverem erros no carnê iremos rever cada situação”
ATUALIZAÇÃO DE DADOS
O Departamento da Receita também está fazendo a atualização dos dados de todos os contribuintes e para isso precisa que a ficha, que está dentro do carnê, seja preenchida. “Existem casos de que o contribuinte paga o IPTU de imóvel que não está em seu nome porque deixou de comunicar a prefeitura. Neste caso para atualizar o cadastro é necessária a apresentação da matrícula do mesmo”.
 
 
Anúncio:
 

Postado em 22/03/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:5.928
Ontem:
Total:5.928
Recorde:5.928
Em - 21/04/19