CF aproveita a Copa no Brasil para alertar sobre o tráfico humano

Não é a toa que os bispos da CNBB escolheram “Fraternidade e Tráfico Humano” como tema da Campanha da Fraternidade deste ano em que a Copa do Mundo será realizada no Brasil
“Vamos sediar os jogos e receber visitantes de todo o mundo, o que favorece a ação de aliciadores e traficantes, que negociam seres humanos como se fossem mercadorias. O momento é de conscientização para alertar e minimizar esta prática inaceitável, que engana pessoas e as tornam escravas em pleno século 21”, explicou Santana. 
O tráfico humano também movimenta números impressionantes que são desconhecidos do grande público. Segundo dados da ONU, esta prática faz  2,5 milhões de vítimas a cada ano entre homens, mulheres e crianças na maioria carente de recursos e em situação de vulnerabilidade. A prática criminosa movimenta 32 bilhões de dólares em todo o mundo e a exploração sexual é a mais grave, com 85% dos casos
“O tráfico tem várias formas e pode ser usado para a retirada de órgãos, a exploração sexual e o trabalho escravo. As pessoas são enganadas pelas falsas propostas  não perdem somente a liberdade, mas também a dignidade”, revelou o pároco
A CF 2014, que também tem como lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou”, foi lançada em todo o país na quarta-feira de cinzas, início do período quaresmal
Em Colina  as reflexões, que serão realizadas até o mês de junho, estão acontecendo nas comunidades e nas vias sacras às terças-feiras. Durante a missa de lançamento da campanha foi distribuído um folheto informativo, inclusive que ensina as pessoas a denunciar o tráfico humano. O panfleto está à disposição dos interessados  no Lar Paroquial

 

 
Anúncio:

Postado em 14/03/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.581
Ontem:
Total:1.581
Recorde:1.581
Em - 21/04/19