Densidade larvária assusta Secretaria Municipal de Saúde 

Agente da equipe de vetores aplica veneno durante nebulização na Cohab 3.

O resultado da Avaliação de Densidade Larvária, que consiste na pesquisa com coleta de larvas para estimar os índices de infestação do “Aedes aegypti”, assustou a Secretaria Municipal de Saúde
O índice atingiu 4.9, quando o limite aceitável pelo Ministério de Saúde é 1.0. A amostragem foi realizada no período de 6 a 10 de janeiro e pesquisados 474 imóveis
A secretária de Saúde, Priscila Ramos, definiu a situação como “preocupante” e pediu atenção redobrada que a combinação chuva e temperaturas altas aceleram o ciclo do mosquito, que se desenvolve mais rapidamente. “Para evitar uma nova epidemia todos tem que colaborar”, disse.  
Os focos foram identificados em vários recipientes, como pratos/pingadeiras, ralos, latas, garrafas pets e retornáveis, pneus, bebedouros de animais e piscinas
 
NEBULIZAÇÃO
A nebulização (aplicação de veneno) para evitar mais casos de dengue na Cohab 3, onde foi registrado o 1º caso deste ano, foi realizada em 12 quadras do bairro entre os dias 10 e 12. Também foi feito o bloqueio de criadouros e busca ativa de suspeitos, totalizando 246 imóveis visitados. O município aguarda os resultados de 4 casos suspeitos.

Postado em 22/02/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:9.591
Ontem:
Total:9.591
Recorde:9.591
Em - 20/06/19