Captação de água subterrânea garante normalidade no abastecimento 

Ricardo na sala de máquinas do reservatório apoiado da Av. Dr. Manoel P. Fernandes que recebe e bombeia água para os reservatórios elevados, que distribuem a água pela cidade

Atualmente 17 poços artesianos, que somados representam a captação de 172 mil m3 de água/dia, garantem o abastecimento da cidade, por enquanto, sem o transtorno do racionamento que foi adotado em algumas cidades da região. A longa estiagem, aliada ao excessivo calor, obrigou algumas cidades da região a implantar o uso racionado da água
Na vizinha Bebedouro, desde o dia 11, o corte de abastecimento atinge toda cidade e ocorre diariamente das 13 às 17 horas. Serrana e Altinópolis também adotaram o racionamento de água
 
INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA DEU TRANQUILIDADE 
Segundo Ricardo Casagrande, diretor do    SAAEC (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Colina), “a situação privilegiada que Colina vive hoje é fruto do investimento em perfuração de poços e infraestrutura feitas na época do prefeito Dieb Taha. Na sua gestão deixou de ser feita a captação superficial e investiu maciçamente na perfuração dos poços artesianos. Na sequência, o prefeito Mi fez as adequações necessárias para que a cidade chegasse a esta situação de estabilidade”
Ricardo disse também que a longa estiagem é preocupante e com o calor o consumo aumenta em cerca de 25 a 30%. “Portanto se a estiagem se prolongar por muito tempo não podemos garantir que não haverá o racionamento. Até porque os poços também sofrem este reflexo”. Acrescentou, “diante disso estamos trabalhando junto à população para que faça o uso consciente e responsável da água. Medidas simples, como substituir o lavar pelo varrer a calçada significa muito e todos podem colaborar”
O diretor informou que a captação na Represa do Burrinho foi interrompida vários anos. “O local continua a receber os cuidados do SAAEC e permanece de reserva para qualquer eventualidade”. Ele disse ainda que o órgão realiza investimentos constantemente em novas tubulações de rede de água, esgoto, galerias pluviais, etc. “Para manter toda estrutura em pleno funcionamento trabalhamos na modernização de alguns setores e investimos na manutenção preventiva para que o abastecimento de água continue atendendo dignamente a população”, concluiu Casagrande.
 
 
Anúncio:

Postado em 14/02/2014
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:21.381
Ontem:16.825
Total:38.206
Recorde:21.381
Em - 21/04/19