CRISE NA SAÚDE REGIONAL

Médicos ortopedistas não fazem mais atendimento pelo SUS na Santa Casa de Barretos

O Grupo de Ortopedia constituído em pessoa jurídica, como Clínica Ortopédica, vem a público esclarecer sua posição em relação ao serviço de Ortopedia prestado à Santa Casa de Misericórdia de Barretos:

-Há aproximadamente 06 anos existe um acordo verbal de prestação de serviços em Ortopedia pelo SUS, deste grupo em relação à Santa Casa. algum tempo trabalhamos em condições precárias de atendimento, como falta de medicamentos, material cirúrgico e falta de pagamento de honorários médicos. Em 07 de junho de 2013 comunicamos à Santa Casa e ao Conselho Regional de Medicina de São Paulo (CREMESP) nossa decisão de renunciar a esta prestação de serviços, caso nossas reivindicações não fossem atendidas no prazo estabelecido em documento protocolado junto a estas instituições.

Em 21 de julho de 2013, após o vencimento deste prazo, e sem obter sucesso em nossas reivindicações, decidimos renunciar ao Serviço SUS de Ortopedia da Santa Casa, entendendo que houve uma quebra unilateral do acordo, a partir do momento em que a administração da Santa Casa não cumpriu com suas obrigações e sequer nos procurou para um entendimento apesar de outros avisos, desta feita verbal feitos àquela instituição através da administração. Esta decisão de desligamento do serviço SUS da Santa Casa foi comunicada e protocolada ao diretor clínico, diretor técnico, provedoria, chefe do pronto socorro adulto e infantil, diretor regional de saúde, conselho regional de medicina e promotoria pública. Desde a nosso desligamento  não deixamos de atender às emergências ortopédicas e nem abandonamos os pacientes que estavam internados desde antes do acontecidotanto que na ultima terça feira operamos um paciente que aguardava cirurgia de fratura de fêmur(que não havia sido realizada por falta de material - aguardou internado por mais de 10 dias), bem como  na ultima quinta feira, atendendo pedido do diretor clínico, operamos um paciente com lesão grave em membro superior. Os demais pacientes que procuraram o pronto socorro para atendimento, nenhum deles se apresentaram como EMERGENCIA ORTOPÉDICA, sendo então atendidos pelo clinico ou pediatra de plantão e orientados para procurarem atendimento em ambulatório de ortopedia do município.

Entendemos que ninguém deva ser obrigado a trabalhar em um lugar que não lhe o menor suporte para fazer um trabalho digno, e optamos por desfazer desta parceria.

A Santa Casa de Misericórdia tem a liberdade de encontrar novos profissionais que aceitem prestar serviço pelo SUS em Ortopedia para o Hospital, porém o grupo Clínica Ortopédica por encerrada suas funções junto à Santa Casa, para atendimento SUS.

 

Extraído do Jornal "O DIÁRIO


Postado em 29/07/2013
Por: A Redação
Publicidade

Atendimento

(17) 3341-1180
Seg à Sexta das 08h às 19h Sab das 09h às 12h
Ouvidoria
Fale Conosco
Desenvolvido por:

DIgraca.com.br
Siga-nos

Estatisticas

Hoje:1.440
Ontem:
Total:1.440
Recorde:1.440
Em - 21/04/19